O que é Ozonioterapia



A Ozonioterapia é uma técnica que utiliza uma mistura gasosa de Ozônio e Oxigênio como agente terapêutico em um grande número de patologias e em diversas especialidades odontológicas, em função de seu efeito local. É uma terapia natural, com poucas contra-indicações e efeitos secundários mínimos, quando indicada e realizada pelo cirurgião-dentista com formação adequada.

Em 2015, o Conselho Federal de Odontologia publicou a Resolução 166/2015, que reconheceu a prática da Ozonioterapia pelo cirurgião-dentista. Este deve frequentar um curso de habilitação que o tornará apto a empregar o ozônio como agente terapêutico em diversas especialidades odontológicas.

Qual a sua aplicação na odontologia?

Diante do seu alto poder oxidativo e, a partir daí, sua importante ação antimicrobiana e alta biocompatibilidade aos tecidos, o ozônio pode ser aplicado nas diversas especialidades odontológicas com resultados positivos, atuando diretamente sobre o reparo: no tratamento da cárie dental; na periodontia; atuando na prevenção e tratamento dos quadros inflamatórios/infecciosos; na endodontia, potencializando a fase de sanificação do sistema de canais radiculares; na cirurgia, como auxiliar no processo de reparação tecidual; agindo diretamente sobre a dor e disfunção da ATM com atividade antiálgica e anti-inflamatória; e, mais atualmente nas necroses dos maxilares com resultados impressionantes em osteomielites, osteoradionecroses e necroses induzidas por medicamentos.

O método é seguro?

Por ser uma terapia natural, a ozonioterapia é segura. Um levantamento feito pela Associação Alemã de Ozonioterapia pontuou como efeito colateral a porcentagem de 0,0007%. Comparativamente, pode-se analisar a terapia com o ácido acetilsalicílico que apresenta um percentual de efeito colateral de 0,2%. Na utilização na Odontologia os efeitos adversos são mínimos, não havendo relatos na literatura.

Podemos utilizar a Ozonioterapia associada a outro tratamento?

Sim, a ação antimicrobiana do ozônio é tão marcante que não existe relato na literatura de resistência bacteriana. A biocompatibilidade aos tecidos também é uma propriedade amplamente estudada e fundamentada. Entretanto, os resultados positivos são adquiridos quando a Ozonioterapia é associada aos procedimentos básicos, por exemplo, a raspagem e aplainamento radicular na periodontia é um procedimento que pode ser realizado com auxílio do ozônio. O preparo químico mecânico na endodontia pode ser suplementado com a irrigação do sistema de canais radiculares com a água ozonizada, após o hipoclorito de sódio, e assim por diante.

Por que a Ozonioterapia de destaca da prática odontológica?

Diante da propriedade de biocompatibilidade tão marcante, o tratamento odontológico torna-se mais tranquilo e por vezes assintomático. O pós operatório de procedimentos cirúrgicos é aprimorado, acelerando a reparação. O tratamento endodôntico torna-se assintomático. Assim, a Ozonioterapia proporciona mais conforto ao paciente e acelera a reparação.


Publicado por: CROSP - Conselho Nacional de Ozonioterapia de São Paulo

Vila Clementino

(11) 5549-6972 | 5083-1433
Rua Primeiro de Janeiro, n° 134
Vila Clementino - SP
04044-060
Como chegar

Jardim Paulista

(11) 5549-6972 | 5083-1433
R. Henrique Martins, 476
Jd. Paulista
Como chegar

Bela Vista

(11) 5549-6972 | 5083-1433
Rua Adma Jafet, 74 - CJ 44
Bela Vista
Como chegar

fernando@carecenterbrasil.com.br